Vida Extraterrestre

Casos Ufológicos: Caso Kelly Hopkinsville

Postado em Atualizado em

Na madrugada de 21 para 22 de agosto de 1955, Bolly Ray Taylor, de 21 anos, saiu de casa para ir beber um pouco de água fresca no poço da fazenda. Olhou para cima e pôde ver um estranho objeto emitindo várias cores. Assustado, voltou correndo para a casa onde estavam os outros onze membros da família Sutton. Após ouvirem a história do rapaz, os Sutton acharam que o garoto estava brincando e não deram bola.

Caso Kelly Hopkinsville
Meia hora se passou e o cachorro da família começou a latir desesperadamente. Minutos depois, apavorado e com o rabo entre as pernas, o cão entrou correndo dentro de casa. Lucky Sutton, acompanhado por Taylor, resolveu ver o que estava acontecendo. Ao se aproximarem da porta, ambos puderam ver uma figura resplandecente se aproximando da casa.

A criatura foi se aproximando casa vez mais e parou a uma distância suficiente para que os garotos pudessem vê-lo com mais clareza. Segundo os relatos, era um ser de um metro de altura com uma cabeça muito grande e redonda, seus olhos eram amarelos, rasgados e luminosos, os braços terminavam numa espécie de garras. Sutton e Taylor correram e se armaram com uma espingarda e um rifle.

O estranho ser novamente começou a caminhar em direção à casa. Quando a criatura chegou a cinco metros, Taylor e Sutton abriram fogo e o ser desapareceu num pulo. Os dois saíram da casa e viram outra criatura idêntica sobre o telhado, Sutton também atirou nesse ser. Depois viram um terceiro e também abriram fogo contra este, que flutuou e depois saiu correndo assustado pelo pasto.
Leia o resto deste post »

Anúncios

Livro: Astrobiologia – Uma Ciência Emergente

Postado em Atualizado em

USP disponibiliza livro gratuito para download

A Astrobiologia é uma área recente de pesquisa científica, que procura entender o fenômeno da vida em nosso Universo, não se restringindo apenas à vida na Terra, ou mesmo à vida como a conhecemos. Ela aborda algumas das questões mais complexas sobre os sistemas biológicos, como sua origem, evolução, distribuição e futuro, na Terra e, possivelmente, em outros planetas e luas. Por ser multi e interdisciplinar é, acima de tudo, uma ferramenta para facilitar a comunicação e interação entre especialistas de diferentes áreas, e também com a população em geral, já que trata de temas que despertam o interesse geral.

livro4
Pela primeira vez, temos as ferramentas tecnológicas e o rigor científico à disposição para lidar com alguns dos problemas mais complexos e antigos da humanidade: De onde viemos? Para onde vamos? Estamos sozinhos no Universo? A Astrobiologia procura responder essas perguntas baseando-se na história da vida na Terra e suas relações com o planeta, extrapolando esse conhecimento para o desenvolvimento de metodologias para o estudo de outros mundos, seja com robôs, missões tripuladas ou técnicas astronômicas. Os cientistas dessa área estão desbravando novas fronteiras do conhecimento humano, mas esse é apenas o início desse esforço interdisciplinar e internacional, que já está se estabelecendo também no Brasil.
Leia o resto deste post »

Estaríamos mais perto de encontrar alienígenas?

Vídeo Postado em

Obsessão de grande parte da comunidade científica, achar vida fora do nosso planeta parece cada vez mais provável com novos recursos

alienigenas_header

Há vida lá fora? Estaríamos sozinhos nesse universo? As perguntas aparecem desde a infância, quando entendemos a riqueza do nosso planeta e o aparente vazio do sistema solar. Produções de ficção como “Homens de Preto”, “Contatos Imediatos de Terceiro Grau” e “ET” mostram a nossa obsessão (ou medo) de encontrar extraterrestres. Em tempos em que a tecnologia permite que olhemos a alguns anos-luz de distância pelas lentes de telescópios, estaríamos mais perto de encontrar alienígenas? Ao olhar para o noticiário dos últimos tempos, parece que sim. Ao menos nunca tentamos tanto quanto agora.

Antes, vale lembrar que embarcamos nessa jornada de buscar vida lá fora há algumas décadas, o que é pouquíssimo tempo, considerando a idade de nosso planeta. Recentemente, a China quebrou alguns recordes quando o assunto é buscar vida extraterrestre. No país asiático foi construído o maior radiotelescópio do mundo. Chamado de FAST (Five-hundred-meter Aperture Spherical Telescope), o equipamento custou US$ 180 milhões e teve sua construção iniciada em 1994.

São 4.450 painéis que cobrem uma área equivalente a 30 campos de futebol. Inicialmente, o FAST deve servir de ferramenta de pesquisa para cientistas chineses, mas posteriormente deve ser aberto para pesquisadores de todo o mundo. A missão é clara: buscar extraterrestres, seja detectando ondas gravitacionais ou aminoácidos que possam confirmar a existência de ETs.
Leia o resto deste post »

WikiLeaks – Novo e-mail do discute sobre OVNIs / UFOs do tipo ‘Fastwalker’

Postado em

Nas mais recentes notícias OVNI liberadas pelo WikiLeaks, um e-mail insinua sobre o conhecimento do governo dos EUA a respeito dos assim chamados OVNIs “Fastwalkers“, um termo usado pela NORAD e segmentos das forças armadas dos EUA para descreverem sobre o fenômeno aéreo não identificado se deslocando e/ou mudando de direção em alta velocidade, muito além do que a tecnologia aeroespacial é capaz de fazer.

fastwalker3
O e-mail de 06 março de 2015 a respeito dos Fastwalkers foi escrito por Bob Fish, um historiador e Curador do Projeto Apolo da NASA para o Museu USS Hornet, e enviado a John Podesta, Diretor da campanha presidencial de Hillary Clinton 2016, e ex-conselheiro de Bill Clinton e Barack Obama.

No e-mail , Fish descreve ter escutado membros do Programa de Satélites de Defesa do governo dos EUA (sigla DSP, em inglês) discutindo sobre recentes avistamentos de OVNIs Fastwalkers.  De acordo com o e-mail de Fish, estes Fastwalkers vieram de locais desconhecidas no espaço distante:
Leia o resto deste post »

Novo estudo diz que a vida existe sim em Marte, e foi encontrada pela sonda Viking em 1976

Postado em

Um novo estudo publicado no Journal Astrobiology  sugere que o experimento Viking (LR) 1976 descobriu mesmo evidências de vida microbiana na superfície de Marte.

viking-marte

Há quarenta anos, antes de termos qualquer ideia da existência de água no estado líquido em Marte, e que o planeta vermelho era a coisa mais próxima ao ambiente da Terra em nosso sistema solar, o experimento Viking 1976 descobriu evidências conclusivas que davam apoio à existência de vida em Marte, diz um novo estudo. De forma estranha, há quarenta anos, ‘os traços de vida’ em Marte foram descartados como sendo um erro, mas o cientistas hoje discordam.

A questão se Marte é habitado, ou não, tem captado o interesse e a imaginação de milhões ao redor do globo. Em 1976, um experimento conhecido como Viking Labeled Released retornou um resultado positivo por traços de vida em Marte.
Leia o resto deste post »

Extraterrestres: ex-político canadense confirma existência de aliens

Vídeo Postado em

“Há ETs na Terra trabalhando com pessoal dos EUA, disse o ex-ministro da Defesa canadense Paul Hellyer.”

Ele afirmou em audiência pública no senado dos EUA, em Washington,  reconhecer ao menos quatro espécies de seres extraterrestres que habitariam o planeta exatamente agora. E que pelo menos duas raças deles provavelmente trabalham com o governo dos Estados Unidos.

Paul Theodore Hellyer UFO
A declaração acima foi feita pelo ex-ministro da Defesa do Canadá  Paul Hellyer, 89 anos, e foi dada durante uma audiência pública sobre a existência de vida extraterrestre realizada em Washington, D.C.

Diversos ex-senadores e membros da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos ouviram os  depoimentos de especialistas e testemunhas entre os dias 29 de abril e 3 de maio em 2013.
Leia o resto deste post »