Putin

Bashar al-Assad: ‘Síria Estará Segura Quando o Ocidente Parar de Apoiar Terroristas’

Postado em Atualizado em

Após rejeitar o novo ‘Projeto de Constituição’ para a Síria, apresentado pela Rússia, o presidente sírio, Bashar al-Assad, rejeitou com sabedoria o conceito de administração Trump sobre implementação de “zonas seguras” dentro da Síria. Em primeira entrevista com a mídia ocidental desde a eleição de Donald Trump, Assad descreveu o plano como uma má ideia que não teria a capacidade real para proteger civis ou acabar com a crise síria.

assad-trump-putin-syria
Quando questionado pelo entrevistador sobre a declaração de Trump de que ele “criaria” absolutamente “zonas seguras” na Síria “para o povo sírio”, Assad respondeu dizendo:

“Mas, na verdade não protegerá [civis], não vai. As zonas seguras para os sírios só podem acontecer quando você tem estabilidade e segurança, onde não tem terroristas, onde não tem o fluxo e o apoio desses terroristas pelos países vizinhos ou pelos países ocidentais. Isto é onde você pode ter uma zona segura natural, que é o nosso país. Eles não precisam de zonas seguras. Não é uma ideia realista em tudo.”

Quando o entrevistador pressionou Assad sobre o fato de que tantos sírios foram deslocados e, portanto, “Como você pode opor zonas seguras?” Assad apontou diretamente para a raiz do problema. Ele afirmou:
Leia o resto deste post »

Anúncios

Anonymous: A Eliminação de George Soros Começou

Vídeo Postado em

O golpe ocidental liderado que derrubou o governo democraticamente eleito da Ucrânia também foi influenciado por George Soros. O desprezo que Soros tem pela Rússia e Putin é bem conhecido, mas impedir Putin de ter controle do fluxo de gás natural na Europa através da Ucrânia foi o fator determinante.

george-soros-anonymous
Curiosamente, após o golpe, o filho do vice-presidente Joe Biden investiu e se sentou no conselho de uma companhia de gás natural no leste da Ucrânia. Os Biden são representativos do establishment americano e servem os interesses de George Soros. É assim que funciona. O establishment usam os seus próprios para se infiltrar e assumir negócios e indústria de nações do interior. O outro filho de Biden, posteriormente, morreu de câncer no cérebro.
Leia o resto deste post »

Rússia e a Chantagem Sexual

Postado em Atualizado em

Quando a União Soviética criou a Intourist, sua companhia de hotéis e viagens, na era de Stálin, os mensageiros, motoristas, cozinheiros e camareiros eram todos funcionários da NKVD, a agência de polícia secreta do Estado que mais tarde se tornaria conhecida como KGB.

russian-kgb-sexual-scandal-trump
A folha de pagamento da organização também incluía prostitutas, usadas para apanhar políticos e empresários estrangeiros em situações comprometedoras e submetê-los a chantagem.

Os hotéis da Intourist na Rússia foram vendidos, o que inclui seu carro chefe, um hotel decadente que ficava na mesma rua do Kremlin.

Reformado suntuosamente e dotado de um spa que conta com medidas especiais de segurança, o hotel agora se chama Ritz-Carlton, um luxuoso tempo cinco estrelas que se promove como “um retiro inesquecível no coração da cidade”.

Mas de acordo com memorando não corroborado e altamente difamatório preparado por um antigo agente do serviço de inteligência britânico para uma empresa de pesquisas empresariais e políticas sigilosas em Washington, o Ritz continua a ser um lugar no qual hóspedes estrangeiros, entre os quais Donald Trump, podem cair vítimas da arte russa do “kompromat” a coleta de material comprometedor, a ser usado para obter vantagens.
Leia o resto deste post »

Entrevista com Julian Assange, o Hacker Que Tirou o Sono do Governo Americano

Vídeo Postado em Atualizado em

Há dez anos nascia o WikiLeaks, a mais poderosa e inexpugnável máquina de divulgação de segredos de estado de que se tem notícias em todos os tempos. Há quatro anos está aqui nesse pequeno prédio no centro de Londres onde funciona a embaixada do Equador, o criador dessa máquina, o australiano Julian Assange. Assange está exilado na embaixada do Equador, a poucos metros da Harrods, paraíso mundial para os turistas que vêm aqui para fazer compras. Vamos entrar aqui na embaixada para fazer uma entrevista exclusiva com Julian Assange para o Nocaute. Venha conosco!

julian-asaange-wikileaks-entrevista Leia o resto deste post »

Seminário Transformações da Terra – “Revelando o que ninguém te conta!”

Vídeo Postado em

3º Seminário Transformações da Terra – “Revelando o que ninguém te conta!” aborda assuntos atuais sobre economia, política internacional, eleições em países importantes como os EUA e outros temas.

Chegamos ao fim do petróleo barato?

Postado em Atualizado em

Rússia e Arábia Saudita chegaram a um princípio de acordo sobre congelamento da produção.

mw-860
Rumores sobre um pré-acordo entre a Rússia e a Arábia Saudita para aumentar o preço do petróleo provocaram uma escalada nas cotações nos últimos dias, levando o “ouro negro” a ultrapassar a barreira dos 40 dólares por barril. Um valor que não era visto desde dezembro do ano passado.

No fecho da sessão de terça-feira, 12, o preço de referência do petróleo Brent subiu para 44,69 dólares por barril, atingindo novos máximos anuais. Esta valorização, face aos valores mínimos de 26 dólares registrados em janeiro, corresponde a uma subida superior a 40% desde o início do ano. A meio da manhã de hoje, o crude do Mar do Norte registrava um recuo próximo de 1%, mas a cotação mantinha-se acima dos 44 dólares.
Leia o resto deste post »

Wikileaks Afirma que os EUA Financiou o Panamá Papers Como um Ataque à Rússia e a Vladimir Putin

Postado em Atualizado em

O projeto de “atacar” a Rússia e seu presidente, Vladimir Putin, vazando o chamado Panamá Papers, foi financiado pelos EUA, revelou o site Wikileaks.
O site garantiu nesta quarta-feira, que o Panamá Papers, uma grande quantidade de documentos relacionados com empresas em paraísos fiscais, fazem parte de um ataque ao presidente russo, Vladimir Putin, ao seu país e à antiga União Soviética.

putin
O ataque do Panamá Papers contra Putin, que foi organizado pela OCCRP, tem como objetivo a Rússia e a antiga URSS, e foi financiado pela USAID e Soros”, indica o comunicado do Wikileaks.

Este “ataque” foi organizado pela Organized Crime and Corruption Reporting Project (OCCRP) e financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), assim como pelas fundações do multimilionário e especulador financeiro americano George Soros, garante o site.
Leia o resto deste post »