Climatologia

Entrevista com Prof. Ricardo Felício: “Aquecimento Global É Fraude”

Postado em Atualizado em

O professor da USP com doutorado em Antártida e autor do livro “Geopolítica do Ozônio” discorre sobre temas como aquecimento global, mudanças climáticas, efeito estufa e Acordo de Paris sobre o clima, além de comentar as recentes posições dos EUA e do Brasil em relação a este último.

PRC_Conferencia-Prof-Felicio-28
Para saber mais:

– Professor Luiz Carlos Molion: “A Mentira Sobre o Aquecimento Global”
– A Farsa do Aquecimento Global – Palestra do Prof. Ricardo Augusto

Assista à íntegra da entrevista de Felipe Moura Brasil com o climatologista Ricardo Felício:

Leia o resto deste post »

Anúncios

“O Aquecimento Global é mentira”, diz Climatologista da USP

Postado em Atualizado em

O professor de climatologia da Universidade de São Paulo (USP), Ricardo Augusto Felicio, é um dos poucos céticos quanto ao aquecimento global no Brasil. Para o docente, o fenômeno não passa de uma mentira, já que não existem provas científicas de que a Terra está aquecendo.
Nesta entrevista exclusiva ao Diário Regional, o professor defende sua tese, além de atacar o RIO+20, o Protocolo de Kyoto e afirmar que o documentário “Uma verdade inconveniente”, do ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore, é um filme de ficção científica.

2333920-3146-rec
Por que o senhor afirma que o aquecimento global não existe?
Quando o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, sigla em inglês) quer dizer que a Terra esquentou 0,74ºC em 150 anos é o mesmo que contar uma piada aos climatologistas sérios. As temperaturas já variaram muito mais do que 3ºC ou 5ºC há cerca de 5 mil anos atrás. Em outros períodos, a Geologia nos retrata valores de mais de 8ºC. Ao mesmo tempo, dependendo da escala verificada, as variações podem ser grandes ou pequenas e não ocorrem ao mesmo tempo, nos mesmos lugares. Em certas partes, pode-se observar que as temperaturas subiram, em outras, que baixaram. Falar em média é uma verdadeira abstração, que esconde uma gama rica de fenômenos e variações. Não se pode entender clima assim. Só no último século, as temperaturas subiram e desceram duas vezes. Isso faz parte da variabilidade climática e não há nada de errado.

Leia o resto deste post »