Terrorismo

Países Com Mais Refugiados Têm Mais Ataques Terroristas

Postado em Atualizado em

Os globalistas que comandam os governos e os meios de comunicação na Europa nunca irão admitir a verdade sobre a crise dos refugiados. Eles nunca irão admitir que existe uma ligação direta entre abrir as fronteiras de sua nações às pessoas de nações caóticas e de terríveis ataques terroristas. Eles estão constantemente tranquilizando seus cidadãos de que eles não têm nada com que se preocupar com os refugiados que vêm de regiões propensas ao terrorismo, e sugerir o contrário é considerado racista e  islamofóbico.

refugee-terrorism
De fato, ao invés de admitir que a comunidade de refugiados está cheia de simpatizantes terroristas, e que este é um problema que precisa ser resolvido, o globalista tentam normalizar o terrorismo.

Na Suécia, o governo tenta reabilitar e reintegrar os combatentes do ISIS que retornaram ao seu país. Eles dão-lhes livre “habitação, emprego, educação e apoio financeiro” ao invés de deixá-los na cadeia. E no Reino Unido, o prefeito de Londres, Sadiq Kahn, tentou convencer todos que os ataques terroristas são “parte integrante da vida em uma cidade grande”.
Leia o resto deste post »

Operação Gotham Shield: Governo dos EUA vai “Simular Explosão de Armas Nucleares sobre Manhattan”

Postado em Atualizado em

O sinalizador de False Flag está ativado!

O alerta geral é para algo importante no futuro próximo ou imediato. Felizmente, é apenas mais um falso alarme, em vez de outro False Flag. De qualquer maneira, e o perigo está próximo.

Operation Gotham Shield 2017
Dado tudo o que está acontecendo no mundo, é francamente delirante descobrir que o governo federal dos EUA está mais uma vez encenando desastres simulados que atraem paralelos perturbadores com os eventos mundiais atuais.

Em apenas alguns dias, durante 24-26 de abril, a Operação Gotham Shield irá iniciar.

Trata-se de um exercício de agências em conjunto, envolvendo a FEMA, Homeland Security e uma infinidade de agências policiais e militares. WMD (Weapons of Mass Destruction, em português -Armas de Destruição em Massa), as unidades de armas químicas e biológicas estarão todas à disposição, enquanto uma resposta é testada para uma detonação nuclear “simulada” sobre o principal centro urbano dos Estados Unidos, na ilha icônica e densamente povoada de Manhattan e nas margens próximas de Nova Jersey.
Leia o resto deste post »

EUA Buscam Criar na América Latina Situação Militar Igual à do Oriente Médio

Postado em

Estados Unidos e seus aliados estão preparando o terreno na América Latina pra uma intervenção a longo prazo, disse o especialista em relações internacionais, Ghazi Nassendini, presidente do Centro de Análise e Estudos Global AZ.

usa latin america daesh
“Os Estados Unidos estão preparando condições para os próximos anos, para criar uma situação muito semelhante à do Oriente Médio na América Latina que justifique sua intervenção direta nos assuntos de outros países”, explicou o especialista.

Os EUA podem defender de forma mais “simples” sua intervenção militar e política, assim como “estabelecer regimes neocoloniais obedientes às políticas norte-americanas”, caso declarem a existência de ameaça à sua segurança, indicou Nassendini.

Antes de avaliar se a América Latina poderia ser uma zona de trânsito para grupos terroristas como o Daesh — proibido na Rússia, o analista acredita ser preciso observar a proliferação da doutrina e da formação destes grupos.

“Agora nós temos que fixar e advertir a nível mundial de onde chega o pensamento salafista-wahhabita, porque é dali que vão surgindo estes grupos terroristas que se preparam para algo no futuro”, explicou.
Leia o resto deste post »

Estará Washington Disposto a Invadir Coreia do Norte?

Postado em Atualizado em

A ideia de invadir a Coreia do Norte e acabar com o governo da família Kim é, obviamente, cativante. Mas, ao que parece, as inúmeras implicações de uma ação militar não são verdadeiramente consideradas. Harry Kazianis, colunista do The National Interest, levantou a possibilidade de uma intervenção em grande escala contra Pyongyang.

coreia-do-norte-ataque-eua
Embora existam inúmeras formas de promover a mudança de poder em um país, pelo que parece, no caso da Coreia do Norte só é possível uma opção: uma intervenção militar, afirma o autor.

Tendo em conta que Pyongyang não está vinculado à economia global, a aplicação de sanções pode fazer pouco para acabar com o “reino dos Kim”. Também não serão eficazes a pressão social nem a propaganda organizada para influenciar os cidadãos comuns. Por isso, muitos acham que “os tanques e as bombas são a única maneira de alcançar tal objetivo”, escreve o jornalista.

Ataque de surpresa

O autor afirma que, na realidade, um ataque contra “o regime mais vil do mundo” pode resultar em um desastre total. Então Kazianis se pergunta: se Washington decidir mesmo atacar a Coreia do Norte, como seria organizada a ação militar contra o país asiático?
Leia o resto deste post »

Daesh / ISIS: 200 Provas Mostram Possível Ligação Com Gigante Do Concreto Europeu

Postado em Atualizado em

Tribunal francês vai decidir se a famosa LafargeHolcim financiou ou não os terroristas na Síria.
daesh-france
Cerca de 200 documentos de Sherpa, associação com sede em Paris, criada para defender vítimas de crimes econômicos, foram apresentados como parte da ação judicial contra LafargeHolcim.

Entre as acusações há alegação que “de fato poderia haver uma ligação” entre o grupo terrorista Daesh e o um dos maiores produtores de materiais para construção, informou à Sputnik França a chefe do departamento de litígio da Sherpa.

Mais cedo, na semana corrente, a LafargeHolcim admitiu que a filial síria da empresa pagou aos grupos armados “para preservar suas operações e garantir a passagem segura de funcionários e materiais” de e para a usina de concreto em Jalabiya. A usina, que está em estado operacional desde 2014, acabou fechada em setembro de 2014.
Leia o resto deste post »

Bill Gates: A Nova Pandemia Global

Postado em Atualizado em

Bill Gates avisa que o mundo deve se preparar para uma pandemia global. A Comunidade Internacional deve perceber que tem que se preparar para uma pandemia mundial, disse Bill Gates fundador da Microsoft, na conferência de segurança Munique.

bill-gates-vacinas
Tomando como exemplo a epidemia do ebola na África ocidental, em 2014 e 2015, a gripe espanhola de 1918 ou mencionando a possível invenção de um vírus com fins “terroristas”, Gates julgou “possível” uma catástrofe a nível Mundial. Segundo o empresário americano afirmou, as guerras e os movimentos de agitação caminham lado a lado da doença e são os agentes mais prováveis para provocar uma pandemia global.

 “…que apareçam na natureza ou nas mãos de um terrorista, os epidemólogos dizem que um vírus transmitido pelo ar se espalhando rapidamente pode matar 30 milhões de pessoas em menos de um ano”

Explicou Gates durante essa reunião anual de responsáveis pela diplomacia mundial. “as zonas de guerra e outros cenários são os lugares mais difíceis para eliminar as epidemias”, garantiu.
Leia o resto deste post »

ISIS / Daesh: Arábia Saudita e Qatar Financiam o Terrorismo

Postado em Atualizado em

Oficial francês acusou a Arábia Saudita e o Qatar de financiar o grupo terrorista Daesh na Síria e no Iraque, visando recuperar a sua influência no Oriente Médio.

isis-syria-oil
Daesh, provavelmente, é financiado pela Arábia Saudita e Qatar, dois países que tentam recuperar sua influência no Iraque e na Síria (…). Até agora, o Daesh  segue  receber dinheiro desses países (…) “, disse neste sábado o membro da Comissão de Defesa da Assembleia Nacional da França, Nicolas Dhuicq. O funcionário francês também acrescentou que os ataques aéreos russos contra posições de Daesh levaram a um rápido declínio de vendas de petróleo pelo este grupo terrorista.

Desde o último 30 de setembro, a Rússia realizou uma campanha de bombardeios no solo sírio contra alvos de grupos terroristas na Síria, depois de receber um  pedido por escrito do presidente sírio, Bashar al-Assad.
Leia o resto deste post »