Resenha / Sinopse

Avareza: Os Papéis Que Revelam Riquezas, Escândalos e Segredos do Vaticano

Postado em Atualizado em

Entrevista a Emiliano Fittipaldi, o jornalista que passou um ano a investigar a gestão das finanças das instituições que gerem os bens da Igreja Católica. A investigação resultou no livro Avareza, e a fuga de informação que relata já mereceu o nome de Vatileaks.

avareza_BD_1
O dinheiro do Vaticano entra sobretudo pela mão dos fiéis, que esperam vê-lo aplicado em obras de caridade. Mas, afinal, está investido em ações como as da petrolífera Exxon, e bens imobiliários. Depois de receber uma lista de propriedades da Igreja em Londres, Paris e Roma, no valor de 4 mil milhões de euros, o jornalista da revista italiana L’Espresso passou um ano a investigar a gestão das finanças das instituições que gerem os bens da Igreja Católica. Fittipaldi descobriu que as esmolas são transformadas em fundos e que as beatificações são verdadeiras máquinas de fazer dinheiro. Chegou a dizer-se que a fuga de informação teria vindo de elementos próximos de Francisco, mas o Papa também já criticou publicamente o livro. Avareza é agora lançado em Portugal, pela editora Saída de Emergência, numa altura em que o autor, de 41 anos, enfrenta um processo, acusado do crime de “subtração e divulgação de notícias e documentos reservados”, previsto na lei do Estado do Vaticano. Se perder, poderá ser condenado a um máximo de 8 anos de prisão. Por isso, confessa-se “cansado”. Pela reação negativa de Francisco, “surpreendido”. As revelações, e fuga de informação inscrita em documentos sigilosos, já mereceram o nome de Vatileaks.

“O meu livro é um mapa da corrupção no Vaticano. Todo o dinheiro recolhido fica para os cardeais, em vez de ir para os pobres”

Quais foram as descobertas mais chocantes desta investigação jornalística?

Em 2012, as esmolas recolhidas para apoiar os pobres somaram 53,2 milhões, mas só 11 milhões foram para ajudar os mais desfavorecidos. A Cúria romana ficou com 35,7 milhões. Há cardeais a viverem em luxo. No meu livro digo o nome e apelido de cada um. Descobri que há cardeais a viver em Roma em apartamentos de 400 metros quadrados. E não usam esse espaço nem para pobres nem para refugiados.

Como é que usam o dinheiro das esmolas?

Descobri que Tarcisio Bertone [ex-secretário de Estado] usou 200 mil euros de um hospital pediátrico para fazer restauros na sua casa. Um cardeal pedófilo pagava 50 mil euros por mês à secretária.

De onde vinha todo esse dinheiro?

Um dos negócios incríveis que denuncio no meu livro é o das beatificações. O caminho mais rápido para chegar a santo é pagar a um bom advogado para tratar do processo. Pela beatificação da espanhola Francisca Ana de las Dolores cobraram-se 482 693 euros.

Quer dizer que nos países pobres não pode haver santos?
Leia o resto deste post »

10 Filmes Pós-Apocalípticos Que Valem A Pena

Postado em Atualizado em

Desde a gênese da ficção científica, escritores lendários como H. G. Wells, Isaac Asimov e Júlio Verne já falavam sobre o nosso mundo ser ameaçado por elementos físicos, paranormais e nucleares. Como também discutiam a respeito da reconstrução do planeta, caso tal fato viesse ocorrer. Como é sabido, a curiosidade do público em geral sobre o tema sempre foi presente, tanto na literatura quanto no cinema.

10-filmes-apocalipse
A sétima arte, principalmente, sempre foi terreno fértil para o então subgênero sci-fi, chamado de pós-apocalíptico. O estilo praticamente foi consolidado nas telonas, foi lá que a grande massa refletiu sobre o nosso futuro. Em todo caso, o interesse pelo desconhecido é algo que faz parte da essência humana. Nem sempre este fora retratado de maneira negativa, ainda que, geralmente, nossa raça quase sempre acabou extinta ou muitas vezes foi procurar recursos para sobrevivência em outros mundos.

Segue uma pequena lista que vale a pena assistir:

10 – Ensaio Sobre Cegueira (2008)
Leia o resto deste post »

Filme: Eles Vivem / They Live (1988)

Vídeo Postado em

Eles vivem! Sem dúvida nenhuma eles vivem, talvez hoje mais fortes que nunca!

liveconform.png

“Eles Vivem” (They Live) é um filme B de 1988 dirigido por John Carpenter e adaptado de um conto chamado “Eight O’ Clock in the morning” de Ray Nelson. O filme mistura conceitos sociais com ficção científica de maneira totalmente surpreendente. É o tipo de filme que você não da muito credito até assisti-lo.

Um roteiro que trabalha com o conceito de alienação evidenciado principalmente porque os alienadores são realmente alienígenas entre nós. Seu propósito é apropriar-se de nossa força de trabalho, mas como todo sistema alienador – deve-se ter uma ideologia de massa, algo para controlar a mente humana e nos manter em estado de distração para com a realidade. Essa ideologia, assim como em nosso mundo, é disseminada por propagandas no rádio, internet, televisão, jornais, revistas. outdoor, etc…
Leia o resto deste post »

Animação: A Revolução dos Bichos, de George Orwell (1954)

Postado em Atualizado em

Desenho animado baseado no livro “A Revolução dos Bichos” de George Orwell. A ficção nos fala sobre o poder e de como grupos antagônicos lutam por ele e de como o povo é quem sempre sofre com tudo isso. Toda revolução pode degenerar numa tirania ainda mais opressiva do que a ordem estabelecida que propôs a derrubar. Todos nós deveríamos refletir se são ou não conduzidos por algum Napoleão em sua vida.

animal-farm-george-orwell

Leia o resto deste post »

Endgame – Plano para Escravidão Global

Vídeo Postado em Atualizado em

Este documentário nos mostra o nascimento das Nações Unidas e a revelação magistral do secreto “Grupo Bilderberg” que, graças aos esforços dos média alternativos e de jornalistas veteranos como Jim Tucker e Daniel Estulin, teve de renunciar ao seu bem resguardado anonimato. Alex Jones entrevistou Tucker e Estulin exaustivamente por ocasião do seu encontro, em 2006, em Ottawa, no Canadá. Daniel Estulin explica que o Grupo Bilderberg governa o mundo através de um processo chamado “Método Sistêmico”.

endgame-header
Dos Beatles ao 11 de Setembro, tudo teria sido planejado pelo secreto Clube Bilderberg, diz o jornalista Daniel Estulin. Existiria um clube formado pelas maiores fortunas e as personalidades poderosas do planeta, cujas reuniões anuais, bem longe dos olhos da multidão, determinariam os grandes acontecimentos do planeta. Este clube teria promovido a ascensão dos Beatles, teria feito eclodir o caso Watergate e agido com firmeza para definir o resultado de eleições norte-americanas.

Esta organização de “auto-eleitos”, criada há 52 anos, seria composta por todos os presidentes dos EUA vivos, os dirigentes da Coca-Cola, da Ford, do Banco Mundial, do FMI, da Otan, da OMC, da ONU, diversos primeiros-ministros, representantes de várias casas reais europeias e dos mais influentes meios de comunicação, por Henry Kissinger, pelas famílias Rockefeller e Rothschild, entre outros. Seria uma sociedade secreta, aristocrática e global, que controlaria não só os governos mais poderosos do mundo, mas que também decidiria os rumos de todos os setores da vida sobre a Terra?
Leia o resto deste post »

Conheça mais sobre a Série “Black Mirror” que vem mostrando a nossa realidade

Vídeo Postado em Atualizado em

“Contos de ficção científica que refletem o outro lado das telas e da tecnologia, e nem tudo o que reluz é ouro”.

serie-black-mirror
Black Mirror é uma aclamada série da televisão britânica antológica criada por Charlie Brooker, que apresenta ficção especulativa com temas sombrios e às vezes satíricos que examinam a sociedade moderna, especialmente no que diz respeito às consequências imprevistas das novas tecnologias. É produzida pela Zeppotron para a Endemol.

Em relação ao conteúdo e a estrutura da série, Brooker destacou que “cada episódio tem um elenco diferente, um set diferente e até uma realidade diferente, mas todos eles são sobre a forma como vivemos agora – e a forma como nós poderemos viver em 10 minutos se formos desastrados.”

A série tem recebido críticas positivas e todo um interesse internacional crescente (particularmente nos Estados Unidos) após ser inserida no catálogo da Netflix. Stephen King também demonstrou interesse na série.
Leia o resto deste post »

22.11.63: Uma série para apaixonados por conspirações e teorias incríveis!

Vídeo Postado em Atualizado em

Criado por Bridget Carpenter com produção executiva de J.J. Abrams e Stephen King o seriado 22.11.63 (data do assassinato de John F. Kennedy) traz uma trama incrível envolvendo a modificação do tempo e espaço e tudo que isso pode acarretar caso alguém do futuro modifique o passado.

112263
Sabemos que muito pouco se sabe sobre a real história da morte do Presidente John F. Kennedy, e que muito foi ocultado ou distorcido pelo FBI e CIA até hoje. Na série, envolvendo muitos fatos marcantes e teóricos de uma grande conspiração fazem desta mini série uma das mais bem produzidas sobre este capítulo da história americana.

Sinopse do Adoro Cinema: O professor do ensino médio Jake Epping (James Franco) viaja de volta no tempo para prevenir o assassinato do presidente John F. Kennedy. Porém, sua missão é ameaçada por Lee Harvey Oswald, pelo próprio passado que não quer ser modificado e pelo fato de ele se apaixonar.

Veja o trailer:
Leia o resto deste post »