Informática e Tecnologia

Vigilância Total: Sinais de Wi-Fi Podem ser Usados para ver Através das Paredes de sua Casa e Invadir sua Privacidade

Postado em Atualizado em

Se você tem um roteador Wi-Fi em sua casa, você provavelmente está bastante familiarizado com a capacidade dele atravessar as paredes. Pode haver alguns cantos distantes de sua casa onde ele não pode alcançar, frustrando-o sem fim, mas seu poder para mantê-lo conectado enquanto você se move de sala em sala é nada menos do que impressionante.

Cell-Phone-Towers-EMF-Danger
No entanto, as mesmas ondas eletromagnéticas que permitem que você leia a notícia em seu banheiro, também podem ajudar alguém fora de sua casa criar uma imagem holográfica em 3D sua, enquanto você está lá tratando dos seus assuntos pessoais.

Esta holografia Wi-Fi foi criada pelo estudante de física Philipp Holl, da Technical University de Munique, em conjunto com seu conselheiro acadêmico para tese de graduação, e foi recentemente publicada na Physical Review Letters.

Embora os sinais Wi-Fi perdidos já foram usados ​​para ver através das paredes há algum tempo, o método de Holl é inovador porque é o primeiro a usar esses sinais para construir hologramas 3D de um espaço. Nem todos os sinais do seu roteador chegam ao seu dispositivo; em vez disso, os roteadores soltam e espalham sinais fora dos objetos.
Leia o resto deste post »

Anúncios

Facebook: Como Seus Tentáculos Alcançam Mais Longe do Que Você Imagina

Postado em

A gama de informações que armazena faz do Facebook umas das organizações mais influentes do mundo. Com base nisso, a Share Lab, empresa de pesquisa e mapeamento de dados, decidiu destrinchar os algoritmos e as conexões gigantes da rede social para entender melhor as relações de poder e a estrutura social dentro da companhia.

fb01
Há cerca de dois anos, Vladan Joler e seus amigos nerds começaram a investigar de Belgrado, capital da Sérvia, o funcionamento interno de uma das corporações mais poderosas do globo.

O grupo, que inclui especialistas em análises forenses cibernéticas e visualização de dados, já havia feito pesquisas sobre o que chamam de “diferentes formas de estruturas invisíveis” por trás dos provedores de internet sérvios.
Leia o resto deste post »

Estados Unidos: 50% das Profissões Estão Sob a Ameaça de Serem Computadorizadas

Postado em Atualizado em

Ainda que as pessoas tenham se preocupado com a habilidade da tecnologia substituir trabalhadores humanos por centenas de anos, recentes avanços na tecnologia de computação implicam que profissões inteiras podem se tornar obsoletas. Num estudo de 700 profissões nos EUA, Carl Frey e Michael Osborne descobriram que quase 50 por cento estão sob a ameaça de serem computadorizadas. Eles argumentam que a próxima geração de computadores alimentados com Big Data irá substituir trabalhadores de baixa renda e baixa qualificação nas próximas décadas, e que trabalhadores de baixa qualificação precisarão de treinamento em tarefas menos suscetíveis a computadorização para permanecerem com trabalho.

robotsvolkswagen
Computadores já estão presentes em algumas indústrias por décadas, mas uma nova onda de desenvolvimento tecnológico irá ameaçar profissões antes vistas como resistentes a computadorização. A preocupação de que a tecnologia pode levar ao desemprego não é nova. Já em 1589, William Lee, o inventor da máquina de tear automática, foi expulso da Inglaterra por associações temerosas pelos empregos de seus membros.

Até o momento, a preocupação com o desemprego tecnológico não se materializou. Em 1900, mais de 40 por cento da força de trabalho norte americano estava empregada na agricultura, mas conforme a tecnologia substituiu quase todos os trabalhadores agrícolas (hoje menos de 2 por cento da força de trabalho dos EUA), a taxa de desemprego tem permanecido relativamente constante. Como um todo, durante os séculos XIX e XX o impacto total da tecnologia no mercado de trabalho tem sido positivo. No entanto, comentadores ainda acham motivos para se preocuparem. Em “ Como a tecnologia destrói a classe média“, uma recente coluna do New York Times por David Autor e David Dorn, captura uma observação feita por vários comentadores: a tecnologia se voltou para o trabalho.
Leia o resto deste post »

Cuidado: O Google Registra Tudo Que Você Pesquisa e Fala

Postado em Atualizado em

O Google tem o registro de tudo o que você disse nele por anos, e você mesmo pode ouvi-lo. A empresa grava silenciosamente muitas das conversas que as pessoas têm em torno de seus produtos.

google 1984
O recurso funciona como uma forma de permitir que as pessoas pesquisem com sua voz e armazenar essas gravações, presumivelmente, permite ao Google “aprimorar” suas ferramentas de reconhecimento de idiomas, bem como os resultados que ele dá às pessoas.

Mas também vem com uma maneira fácil de ouvir e “apagar” todas as informações que coleta. Isso é feito através de uma página especial que reúne as informações que o Google tem sobre você.

É encontrado indo para a página de histórico do Google e olhando para a longa lista de gravações. A empresa tem uma página de áudio específica e outra para a atividade na web, que irá mostrar-lhe todos os lugares onde o Google tem um registro que você estava na internet.

O novo portal foi introduzido em junho de 2015 e tem estado ativo no ano passado – o que significa que agora está provavelmente cheio de várias coisas que você disse, e que você pensou que poderia ter sido em particular.
Leia o resto deste post »

Snowden Revela: O Que Sua TV Está Fazendo Com Você

Postado em Atualizado em

O ex-agente da CIA Edward Snowden, revelou que até mesmo nossas televisões são agora plenamente capazes de invadir a nossa privacidade, nos observando em nossas próprias casas. Depois de revelar em 2013, que os governos de todo o mundo conspiram com as empresas multinacionais de telecomunicações e que têm recolhido dados sobre seu público, o último tweet de Snowden é ainda mais chocante. Em 26 de fevereiro de 2017, Snowden twittou: “Quem vigia os telespectadores? Sua TV”.

edward-snowden
Com a distribuição generalizada de Smart TVs, as empresas podem agora não só coletar dados sobre o que assistimos, mas na verdade, podem assistir e nos ouvir em nossas próprias casas através de nossos televisores. A tecnologia recentemente lançada da TVision Insights permite às empresas monitorarem se sua audiência está se envolvendo com o que está em sua programação, permitindo a análise de quais propagandas são eficazes e qual resposta emocional o observador está sentindo para um determinado programa de TV.

Através do uso de dispositivos do Microsoft Kinect, semelhantes aos usados com os sistemas de jogos de Xbox, instalados no topo dos televisores, os monitores da TVision captam onde os olhos dos espectadores são focados, suas expressões faciais e se eles parecem engajados e felizes com o que você está assistindo. A empresa foi fundada pelo graduado Dan Shiffman da MIT Sloan School of Management e por mais um colega, mas  ainda estão nos estágios iniciais de desenvolvimento. Por enquanto esta tecnologia está sendo testada voluntariamente em 7.500 pessoas nas áreas de Boston, Chicago e Dallas e Fort Worth, com estudos mais amplos aguardados para o futuro.
Leia o resto deste post »

WhatsApp: A Batalha pela Criptografia no Brasil

Postado em Atualizado em

As plataformas de mensagens do Facebook e WhatsApp são líderes no mercado brasileiro de mensagens móveis, ultrapassando os 100 milhões de usuários. Os brasileiros há muito deixaram de usar o SMS como meio de comunicação diária. A forte presença do WhatsApp é favorecida por algumas empresas de telecomunicações que fornecem o serviço “gratuito” no modelo de classificação zero, no qual o aplicativo não usa os dados de uma pessoa.

e210c76f-607d-48c1-8f76-3a80ddf0a6b7
Assim, as múltiplas proibições recentes dos serviços da WhatsApp, ordenadas por magistrados brasileiros, inflamaram uma ampla discussão. Atualmente, a plataforma recebeu ordens para suspender seus serviços quatro vezes, com autoridades policiais argumentando que a empresa não divulgou dados de usuários de aplicação da lei que foram considerados fundamentais para investigações criminais. A questão escalou recentemente com o WhatsApp adotando criptografia de ponta a ponta por padrão para todos os seus usuários, o que significa que, teoricamente, a empresa não manterá nenhum dado de conteúdo do usuário.

Ao longo de 2016, várias ordens judiciais exigiram o bloqueio temporário do WhatsApp devido a disputas por acesso a dados criptografados, no entanto, a Lei Brasileira não proíbe nem bane a criptografia. A mais recente dessas ordens judiciais ocorreu em outubro de 2016. A terceira ordem ocorreu em julho de 2016 e a plataforma foi posteriormente proibida no país por horas. Ao contrário dos casos anteriores em que um magistrado exigia que a empresa produzisse os IDs dos usuários e o conteúdo das conversas, nesse caso o magistrado perguntou ao WhatsApp para desativar sua criptografia e permitir o monitoramento em tempo real das conversas. O caso em questão era uma investigação sobre organizações criminosas.
Leia o resto deste post »