Conflitos

China Consegue Neutralizar Ação da CIA no seu Território

Postado em Atualizado em

No início desta década, as autoridades chinesas eliminaram e detiveram por volta de vinte informantes da Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês), minando as operações da agência americana no país asiático, comunica a mídia americana.

cia china
O jornal The New York Times, que cita ex-funcionários dos EUA, afirma que entre 2010 e 2012 de 18 a 20 informantes da CIA em território chinês foram assassinados ou detidos. Um deles foi executado em frente dos seus companheiros no pátio de um edifício governamental, assegura a edição.

De acordo com estas fontes, nessa época a CIA estava recrutando informantes nas “profundidades da burocracia de Pequim”. Alguns deles eram cidadãos da China que, como se acreditava em Washington, se sentiriam decepcionados com o governo chinês.
Leia o resto deste post »

Países Com Mais Refugiados Têm Mais Ataques Terroristas

Postado em Atualizado em

Os globalistas que comandam os governos e os meios de comunicação na Europa nunca irão admitir a verdade sobre a crise dos refugiados. Eles nunca irão admitir que existe uma ligação direta entre abrir as fronteiras de sua nações às pessoas de nações caóticas e de terríveis ataques terroristas. Eles estão constantemente tranquilizando seus cidadãos de que eles não têm nada com que se preocupar com os refugiados que vêm de regiões propensas ao terrorismo, e sugerir o contrário é considerado racista e  islamofóbico.

refugee-terrorism
De fato, ao invés de admitir que a comunidade de refugiados está cheia de simpatizantes terroristas, e que este é um problema que precisa ser resolvido, o globalista tentam normalizar o terrorismo.

Na Suécia, o governo tenta reabilitar e reintegrar os combatentes do ISIS que retornaram ao seu país. Eles dão-lhes livre “habitação, emprego, educação e apoio financeiro” ao invés de deixá-los na cadeia. E no Reino Unido, o prefeito de Londres, Sadiq Kahn, tentou convencer todos que os ataques terroristas são “parte integrante da vida em uma cidade grande”.
Leia o resto deste post »

Operação Gotham Shield: Governo dos EUA vai “Simular Explosão de Armas Nucleares sobre Manhattan”

Postado em Atualizado em

O sinalizador de False Flag está ativado!

O alerta geral é para algo importante no futuro próximo ou imediato. Felizmente, é apenas mais um falso alarme, em vez de outro False Flag. De qualquer maneira, e o perigo está próximo.

Operation Gotham Shield 2017
Dado tudo o que está acontecendo no mundo, é francamente delirante descobrir que o governo federal dos EUA está mais uma vez encenando desastres simulados que atraem paralelos perturbadores com os eventos mundiais atuais.

Em apenas alguns dias, durante 24-26 de abril, a Operação Gotham Shield irá iniciar.

Trata-se de um exercício de agências em conjunto, envolvendo a FEMA, Homeland Security e uma infinidade de agências policiais e militares. WMD (Weapons of Mass Destruction, em português -Armas de Destruição em Massa), as unidades de armas químicas e biológicas estarão todas à disposição, enquanto uma resposta é testada para uma detonação nuclear “simulada” sobre o principal centro urbano dos Estados Unidos, na ilha icônica e densamente povoada de Manhattan e nas margens próximas de Nova Jersey.
Leia o resto deste post »

China Mobilizou 150 Mil Soldados à Fronteira da Coreia do Norte, afirma Relatório Sul-Coreano

Postado em Atualizado em

A Coreia do Norte está preocupada com um ataque preventivo, como o que os EUA lançaram sobre a Síria

china north korea usa
Embora o catalisador não seja claro, parece que o mercado caiu conforme as manchetes de novas sanções contra a Rússia apareceram, e os relatórios de que a China mobilizou 150.000 soldados para a sua fronteira com a Coreia do Norte.

Segundo a agência de notícias coreana Chosun, “o exército chinês mobilizou cerca de 150 mil soldados para a fronteira norte-coreana em dois grupos para se prepararem para circunstâncias imprevistas”. A razão: a perspectiva de “opções militares”, como ataques preventivos contra a Coreia do Norte, como o que os Estados Unidos lançaram sobre a Síria.

Quando os Estados Unidos anunciaram seu comportamento independente sobre a Coreia do Norte, e moveram o USS Carl Vinson (CVN-70) da Marinha dos Estados Unidos para Cingapura, o exército chinês enviou cerca de 150 mil soldados em dois grupos para se prepararem para circunstâncias imprevistas.
Leia o resto deste post »