Casos Ufológicos

Bilionário da Indústria Aeroespacial Diz Que ETs Estão Aqui na Terra

Postado em Atualizado em

Um bilionário norte-americano, que trabalha com a NASA para criar uma nova espaçonave expansível, disse acreditar que alienígenas inteligentes estão secretamente vivendo na Terra.

bigelow nasa may 2017

Robert Bigelow, 73, CEO da Bigelow Aerospace, fez uma aparição na última edição do programa de assuntos atuais mostrado em horário nobre na rede CBS, 60 Minutes.

Mas durante o programa, que falava sobre seu trabalho no desenvolvimento da espaçonave expansível, a qual infla no espaço e poderia um dia mudar a forma com que humanos vivem e trabalham em gravidade zero, ele fez uma declaração sensacional.

Ele descreveu um encontro com um OVNI que seu avô teve numa data não revelada, enquanto dirigia  numa estrada fora de Las Vegas.  Bigelow disse:

Ele realmente acelerou e veio bem na ‘cara’ deles, e tapou todo o para-brisas do carro. E ele decolou em ângulo reto e desapareceu na distância.

Ele disse à repórter Lara Logan que começou a ter uma obsessão com alienígenas e esta é a razão por detrás de seu “logotipo alienígena” para a Bigelow Aerospace.

Bigelow disse que desde então teve seus próprios “encontros imediatos”, mas não entrou em detalhes.

O empresário guru também revelou acreditar na teoria de que o Governo dos EUA, e outros pelo globo, sabem que os alienígenas estão aqui na Terra, e até mesmo interagem com esses governos, mas tudo é mantido em segredo do público, devido ao medo do impacto que isto teria na religião e na lei.

A repórter descreveu isto com sendo “o tipo de conversa que você normalmente não tem com um CEO de sucesso”.

Leia o resto deste post »

Poderia Este Memorando Resolver o Mistério do OVNI de Roswell?

Postado em

Ovniólogos alegam que um memorando, visto numa foto, poderia ser a chave para resolver o mistério do OVNI de Roswell.

General-Ramey
General Ramey segurando o memorando

A foto mostra o General (Brigadeiro) da Força Aérea dos EUA, Roger Ramey, agachado sobre destroços que os militares disseram ser do acidente de Roswell. Ele parece estar segurando um memorando, o qual os pesquisadores de OVNIs acreditam poder ser a chave de finalmente revelar o que aconteceu no deserto do Novo México há 70 anos.
Leia o resto deste post »

Casos Ufológicos: Caso Kelly Hopkinsville

Postado em Atualizado em

Na madrugada de 21 para 22 de agosto de 1955, Bolly Ray Taylor, de 21 anos, saiu de casa para ir beber um pouco de água fresca no poço da fazenda. Olhou para cima e pôde ver um estranho objeto emitindo várias cores. Assustado, voltou correndo para a casa onde estavam os outros onze membros da família Sutton. Após ouvirem a história do rapaz, os Sutton acharam que o garoto estava brincando e não deram bola.

Caso Kelly Hopkinsville
Meia hora se passou e o cachorro da família começou a latir desesperadamente. Minutos depois, apavorado e com o rabo entre as pernas, o cão entrou correndo dentro de casa. Lucky Sutton, acompanhado por Taylor, resolveu ver o que estava acontecendo. Ao se aproximarem da porta, ambos puderam ver uma figura resplandecente se aproximando da casa.

A criatura foi se aproximando casa vez mais e parou a uma distância suficiente para que os garotos pudessem vê-lo com mais clareza. Segundo os relatos, era um ser de um metro de altura com uma cabeça muito grande e redonda, seus olhos eram amarelos, rasgados e luminosos, os braços terminavam numa espécie de garras. Sutton e Taylor correram e se armaram com uma espingarda e um rifle.

O estranho ser novamente começou a caminhar em direção à casa. Quando a criatura chegou a cinco metros, Taylor e Sutton abriram fogo e o ser desapareceu num pulo. Os dois saíram da casa e viram outra criatura idêntica sobre o telhado, Sutton também atirou nesse ser. Depois viram um terceiro e também abriram fogo contra este, que flutuou e depois saiu correndo assustado pelo pasto.
Leia o resto deste post »

UFO / OVNI: Teria Alienígena Sido Morto em Base da Força Aérea dos EUA? Caso Nunca foi Resolvido

Postado em Atualizado em

UFOs estavam sendo reportados próximos da Base da Força Aérea McGuire e na Base próxima, Fort Dix, em Nova Jersey (EUA), antes da polícia ter sido requisitada para investigar o caso.

ET

Mas os eventos que alegadamente transcorreram vão muito além dos avistamentos tradicionais de OVNI. Alega-se que um oficial da polícia militar em Fort Dix reportou ter visto “um objeto passar por sobre seu veículo em baixa altitude”, enquanto ele dirigia.

Após frear, ele alega ter visto na frente de seu carro “um ser pequeno, com cabeça grande, olhos pretos, e corpo muito delgado”.  O oficial alega ter entrado em pânico, sair do carro e sacar sua pistola automática .45, antes de mandar a criatura deitar no chão. Porém, após seu pedido ser ignorado, ele teria atirado várias vezes.

Alega-se que a criatura ferida pulou a cerca para dentro da base McGuire e correu para a pista de pousos e decolagens. Mas, de acordo com o caso, ela então caiu morta.

O Sargento Jeff Morse é mencionado como sendo a testemunha que permitiu o acesso da polícia à cena.  Mas alega-se que este se trata somente de um pseudônimo que lhe foi dado para evitar que sua verdadeira identidade vazasse.

Segundo o site Omni Media, a polícia encontrou “o corpo, agachado em posição fetal, sem respirar. Estava realmente morta. Chocados, mas mantendo o protocolo, eles começaram a cercar a área. De repente, um grupo de oficiais militares usando boinas azuis chegaram, distanciando Morse da área. Morse assistiu de longe enquanto este novo grupo de boinas azuis, que ele já havia visto antes, pareciam tomar conta da situação.”
Leia o resto deste post »

CIA Demostrou Grande Interesse em Intensa Atividade de OVNIs nos Himalaias

Postado em Atualizado em

Recentemente, a CIA disponibilizou ao público aproximadamente 13 milhões de páginas de documentos anteriormente secretos. Entre eles um entusiasta de OVNIs pode encontrar mais de 1.700 casos para estudar, mas ele acha que esse número é muito baixo; porém esta é outra história.

ufo-ovni-cia
A história de hoje está centrada em vários casos de avistamentos de OVNIs e encontros que ocorreram nas montanhas do Himalaia, em 1968.  Naquele ano, luzes misteriosas se movendo rapidamente foram reportadas no Nepal, Butão e em várias regiões da Índia.

Os arquivos da CIA contêm um breve resumo dos eventos e podem ser vistos no site da agência.

Às 21 horas do dia 19 de fevereiro, um objeto alongado e aparentemente supersônico foi visto ao cruzar o céu sobre o nordeste do Nepal, indo em direção à província indiana de Siquim. À medida que ele se movia, o objeto emitia raios de luz verde e vermelha. Estava escrito o seguinte no arquivo:
Leia o resto deste post »

UFO: Avistamento de Objetos Luminosos em Goodyear, Arizona

Postado em Atualizado em

Duas testemunhas relataram um caso de avistamento de luzes brilhantes em Goodyear no Arizona. O caso foi enviado ao MUFON junto com as gravações em vídeo. O avistamento aconteceu em janeiro de 2017 e ainda esta em análise pelo órgão.

ufo-mufon-arizona-2017
Segue abaixo  o testemunho e o vídeo que foram enviados à MUFON para estudo, para quem não sabe a MUFON é uma das maiores e mais antigas organizações investigativas dos EUA, sobre a questão pertinente a OVNIs, ou objetos voadores não identificados.

Relatório da testemunha:
Leia o resto deste post »

MUFON: Diretor Faz Declaração Interessante Sobre a Área 51 para Revista Forbes

Postado em Atualizado em

Jim Clash, da Revista Forbes, entrevistou Jan Harzan, diretor executivo da Mutual UFO Network – MUFON

meet-mufons-new-executive-director-jan-harzan
Assuntos relacionados aos OVNIs são sempre controversos. Para darmos uma olhada no assunto de acordo com a perspectiva da Mutual UFO Network – MUFON, a maior instituição investigadora do assunto nos EUA e provavelmente no mundo, sentamos com seu diretor executivo, Jan Harzan…

Jim Clash: Brevemente, o que é a MUFON?

Jan Harzan: Uma instituição sem fins lucrativos, com base em afiliação 501.c.3, cuja missão é “o estudo científico dos OVNIs para o benefício da humanidade”. Oferecemos um local para o público reportar avistamentos de OVNIs, e então designamos investigadores de campo treinados da MUFON para contatar as testemunhas e investigar os relatos, e determinar exatamente o que aconteceu. A informação é então disponibilizada ao público. Temos mais de 100.000 casos nos arquivos agora, com este número crescendo rapidamente. Somos financiados 100% publicamente através de fontes primárias, afiliações e doações.

JC: Dê-nos dois casos convincentes de OVNIs.

JH: Um dos mais bem documentados casos de um encontro extraterrestre é o de Travis Walton, de 5 de novembro de 1975, próximo de Snowflake, Arizona. Travis e seis colegas de trabalho tinham recém terminado de capinar nas montanhas e estavam indo de volta para a cidade, quando encontraram uma nave prateada e brilhante em forma de disco. Travis saiu da cabine do caminhão em que estavam e se aproximou da nave. Ao fazer isso, ele foi atingido por um facho de luz que o derrubou inconsciente ao solo. Seus colegas, tomados pelo medo, fugiram, mas retornaram um pouco mais tarde para descobrir que tanto Travis, quanto o disco, haviam sumido. Cinco dias se passaram quando, de repente, Travis reapareceu para contar a história de onde esteve. Ele reportou ter estado a bordo de uma nave e ter visto criaturas que não pareciam humanas. Todos os homens e Travis passaram por testes de detectores de mentira a respeito da experiência.

O segundo é conhecido como o caso da Floresta de Rendlesham, envolvendo militares dos Estados Unidos em Suffolk, na Inglaterra. Por volta das 03h00, em 26 de dezembro de 1980, estranhas luzes foram reportadas pela patrulha de segurança próxima do portão leste da RAF Woodbridge, aparentemente descendo na Floresta Rendlesham, que fica próxima. Militares inicialmente pensaram que se tratava de uma nave que havia caído, mas ao entrarem na floresta viram um estranho objeto brilhante, de aparência metálica, com luzes coloridas. Ao se aproximarem, ele se moveu entre as árvores e deixou três impressões no solo, as quais ainda estavam visíveis no outro dia. Um dos militares, o Sargento Jim Penniston, mais tarde alegou ter encontrado uma “nave de origem desconhecida”, e ter tomado notas detalhadas de suas características, tocado sua superfície “morna” e copiado vários símbolos que estavam nela. O objeto voou embora após este breve encontro.
Leia o resto deste post »