Filha de Michael Jackson Denuncia que Seu Pai Foi Assassinado

Postado em Atualizado em

Em uma entrevista à revista Rolling Stone, a única filha do rei do pop, morto em 2009, prometeu que algum dia vingará a morte do “melhor pai que alguém pode imaginar”.

paris-jackson-entrevista
Paris Jackson, a única filha do falecido rei do pop, Michael Jackson, revelou em uma entrevista à revista Rolling Stone, que garante que está “absolutamente” convencida de que seu pai foi assassinado. “É óbvio, todas as setas apontam para isso”, indica.

Ele (MIchael Jackson) lançava pistas sobre pessoas que estavam tentando caça-lo. E em algum momento disse: “Eles me matarão um dia”, garante Paris, acrescentando que, embora soe como “toda uma teoria da conspiração” e “mentira”, todos seus fãs e família sabem que “foi uma armadilha”. A modelo e aspirante a atriz considera como um dos principais responsáveis pela morte de seu pai, o médico Conrad Munrray, que foi condenado por homicídio não premeditado de seu pai.

Na entrevista, Paris prometeu que algum dia vingará a morte do homem que qualifica como “o melhor pai que alguém pode imaginar”. “É como uma partida de xadrez. Estou tentando jogar corretamente. E isso é tudo o que posso dizer agora”, afirmou.

Na mesma entrevista, ela revelou que foi estuprada por um “desconhecido” aos 14 anos. Embora Paris tenha negado detalhes sobre essa experiência traumática que “não foi uma boa experiência, pelo contrário, e que que foi muito difícil” para ela. “Naquela época, não contei a ninguém”, disse ela.

Além disso, a filha de Jackson reconhece que tentou tirar a vida em várias ocasiões devido à uma forte depressão. Aqueles pensamentos suicidas começaram a manifestar-se após a morte de seu pai em 2009, quando Paris tinha onze anos.

Saiba mais – Neverland de Michael Jackson: Um Local de Programação Mental?

Fonte

Anúncios