Peregrinação: Milhões de Muçulmanos Marcham Contra o Estado Islâmico

Postado em

Um evento que mostra que a maioria dos muçulmanos repudia o Estado Islâmico.

arbaeen

Milhões de muçulmanos xiitas fizeram uma declaração incrivelmente encorajadora contra o Estado Islâmico (ISIS), arriscando suas próprias vidas, no caminho para a cidade de Karbala para o dia sagrado de Arbaeen.

Mulheres, homens, idosos e crianças pediam o fim das atrocidades cometidas pelo grupo terrorista e mostraram ao mundo – mesmo com quase nenhuma cobertura da grande mídia – que milhões de muçulmanos reprovam as ações do ISIS, que usa a religião para justificar suas atrocidades.

O Arbeen é um evento religioso que lembra a morte do neto do profeta Maomé, Imam Hussein. Como informou o jornal Independent, os muçulmanos xiitas são alvo de ataques do ISIS na sua campanha sangrenta para estabelecer um califado de linha dura no Iraque e na Síria.

“Eu vim caminhando de Basra com minha filha e três filhos… Essa é a terceira vez. Nós começamos a andar 13 dias atrás e chegamos a Karbala na noite de domingo”, disse Pilgrim Jaber Kadhem Khalif. Segundo o Independent, suas orações eram para o grupo paramilitar Hashed al-Shaabi, que luta contra contra o Estado Islâmico.

marcha-contra-isis
Umm Ali, outra peregrina, também foi à Karbala orar pelo seu marido, que atualmente está combatendo o ISIS. “Eu vim com meu filho e duas filhas. Eu vim de Samawa para Najaf, depois de Najaf para Karbala a pé, para fazer um apelo pela segurança do meu marido”, disse. “Pedimos a Deus que nos proteja contra os membros do Daesh [ISIS]”.

Apesar de ser uma das maiores marchas do mundo, o Ocidente a ignorou completamente. O Arbeen é um evento de proporções maiores do que a peregrinação à Meca – no entanto, Meca é o único evento muçulmano que vira manchete nos jornais do Ocidente. Dado que os muçulmanos xiitas estão protestando contra o ISIS, não é um evento que podemos ignorar, pois mostra que a maioria dos muçulmanos repudia o grupo.

Fonte

Anúncios