Agências de Inteligência: Obama Compartilhou o Acesso aos Dados Espionados Pela NSA

Postado em

Atualmente, todas as 16 agências dos EUA podem acessar os dados sobre as comunicações pessoais coletadas pela NSA.

obama-nsa-surveillance
Nos últimos dias de seu governo, o presidente dos EUA, Barack Obama, permitiu que a Agência de Segurança Nacional (NSA), cujas práticas de espionagem massiva foi revelada pelo ex-funcionário da Inteligência, Edward Snowden, compartilhasse a informação da Inteligência que coleta a nível global, incluindo as comunicações pessoais, com outras 16 entidades de Inteligência do país.

Até agora a NSA somente fornecia a outras agências os dados de Inteligência vazados e censurados, borrando a informação pessoal de pessoas não suspeitas, ou os dados que considerava não relevantes, protegendo desta forma a privacidade dos “espionados”. Agora, todas as entidades de Inteligência terão acesso aos dados brutos de transmissores por satélites, chamadas telefônicas e e-mails, chamadas internacionais, assim como mensagens entre pessoas no exterior que cruzam as redes domésticas, explica o The New York Times.

obama-big-brother-is-watching-you
Desta forma, o governo dos EUA busca reduzir o risco de que a NSA não reconheça alguma informação possivelmente útil para outras agências, mas aumenta o risco de que os agentes obtenham acesso à informação privada sobre pessoas inocentes, explica o jornal. A partir de agora, todas as agências de Inteligência poderão registrar os depositários das comunicações interceptadas pela NSA e editá-los depois, aplicando as regras sobre a proteção de privacidade.

Fonte

Anúncios